"Os peito bom e eu gosto!"

.

.

.

.

.