Em novembro de 1868, Castro Alves saiu para caçar. Um disparo acidental da espingarda atingiu seu pé esquerdo. Ele foi obrigado a amputar a perna no ano seguinte.

.

.

.

.

.